Publicidade

Tens um destes 'tiques'? Cuidado, fazem mal à saúde!

São poucas as pessoas que não aparentam sinais físicos em momentos de stress ou momentos de ansiedade e nervosismo. Mas se há ‘tiques’ que são apenas irritantes - como o estar constantemente a abrir e fechar uma caneta ou a fazer bolhas com pastilhas elásticas -, há uns que podem ate (mesmo) fazer mal à sua saúde. 


A Time fez uma lista daquelas respostas automáticas, na sua maioria incontroláveis ou inconscientes, que o podem prejudicar o seu bem-estar.

1 – Lamber e morder os lábios
A dermatologista Whitney Bowe alerta que lamber os lábios pode expor a sua boca a enzimas que podem causar “dermatite e inflamação, deixando os lábios secos e gretados”. Morder os lábios pode ainda provocar fibromas, um tumor benigno que tem se ser removido com uma cirurgia.

2 – Enrolar e puxar o cabelo
Enrolar uma madeixa de cabelo à volta do dedo é uma ‘mania’ que pode afectar seriamente a raiz do cabelo. Ariel Ostad, dermatologista, refere que este ‘tique’ pode resultar “não só numa perda temporária ou permanente de cabelo numa determinada zona mas também pode causar uma infecção”. Se não conseguir largar o seu cabelo, talvez seja melhor prendê-lo para o manter fora do alcance das suas mãos.
Há que ter em atenção que este hábito pode ser tricotilomania, um problema do foro psiquiátrico que faz com que as pessoas arranquem pedaços de cabelo. Se for esse o caso, é necessário tratamento psicológico e medicação.

3- Estalar o pescoço
O barulho característico do pescoço vem da libertação de gases alojados nas articulações. Apesar da sensação de alívio, o ortopedista Michel Gleiber refere que este constante movimento pode tornar os ligamentos enfraquecidos e assim, tornar-se mais susceptível a lesões. Pode ainda desgastar as articulações e, a longo prazo, pode provocar uma artrite. Ainda que raramente, estalar o pescoço pode causar um enfarte.

4 – Tocar na cara
Estar repetidamente a tocar na sua cara porque a está a coçar ou a espremer aquelas irritantes borbulhas que tem na cara pode danificar camadas muito finas da sua pele. “Se começar a sangrar, pode mesmo ter feito uma cicatriz”, garante a dermatologista Jessica Krant. O melhor mesmo é hidratar e cuidar da sua pele. Mantenha as suas mãos ocupadas e longe da zona facial.

5 – Ranger os dentes
Situações de stress ou ansiedade podem levar algumas pessoas a ranger os dentes ou a fazer pressão nos maxilares mas isso não faz mal apenas ao seu ‘sorriso Pepsodent’. Para além de poder partir os dentes, pode ainda danificar o maxilar. O dentista Justin Philipp adianta ainda que os tratamentos podem passar por tratamentos ortodônticos para melhorar o processo de mastigação e até injecções de Botox nos músculos.

6 – Comer rebuçados
Comer rebuçados não é a solução ideal para se acalmar: vai ficar com os dentes cheios de açúcar, podendo provocar caries, adianta Justin Philipp. Desfazer esses mesmos rebuçados com os dentes pode ainda danificar aos seus dentes. A solução ideal é optar pelos doces sem açúcar e pouco ácidos.

7 – Roer as unhas
Este é um clássico sinal de ansiedade e/ou nervosismo mas para muitos pode já ter-se tornado um vício e isso pode fazer mal não só às suas unhas como à pele que as rodeia. Segundo o dermatologista Michael Shapiro, os germes que temos na boca passam para a pele e as bactérias existentes por baixo das unhas acabam também por passar para a boca podendo “causar infecções na gengiva e na garganta”. O melhor mesmo é pensar ‘truques’ para não roer as unhas. Por exemplo, pintar as unhas? Pôr unhas postiças? Pôr verniz-gel? Usar aqueles vernizes que sabem mal?

8 – Morder a bochecha
Ao contrário de alguns dos outros, as consequências deste ‘tique’ pode ser menos visível mas igualmente má para a sua saúde. O constante ‘mordiscar’ pode inchar o interior das bochechas, tornando-se mais fácil estar constantemente a trincar o mesmo local. Este hábito se se prolongar pode vir a causar inflamação crónica e cicatrizes.

9 – Mascar pastilha
As pastilhas elásticas podem ser óptimas para disfarçar o mau hálito mas faz com que as pessoas ‘engulam’ demasiado. Podem ainda criar disfunções mandibulares, isto é, provocar dor enquanto está a mastigar devido ao uso excessivo dos músculos do maxilar.
E se há pouco o açúcar fazia mal aos dentes, agora é o adoçante das pastilhas sem açúcar que danificam o sistema digestivo. Sim, é exactamente isso que está a pensar: pode ter um efeito laxante quando consumidas em excesso (entre 18 a 20 pastilhas).

10- Roer a ponta das canetas e dos lápis
Nas pontas das canetas e lápis alojam-se uma série de germes portanto, para além de não ter um sabor muito agradável (ao contrário dos rebuçados e das pastilhas), este ‘vício’ pode expô-lo a uma série de vírus. “Uma pessoa com um vírus rapidamente passa-o para as canetas, lápis, teclados de computador e telefones”, afirma Ted Myatt, director do departamento de investigação da Universidade de Rhode Island. Isto sem falar que pode (mais uma vez) estragar os seus dentes e as gengivas.

Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.