Publicidade

Cancro da mama doí? Médico explica que só um tipo de tumor causa dor.



A ideia de que dor na mama pode ser câncer raramente é verdadeira, já que tumores em desenvolvimento não doem. Porém, há um tipo da doença que pode causar sensibilidade nos seios. “Os sintomas de câncer de mama geralmente são silenciosos e não provocam dor, excpeto pelo tipo inflamatório, que agride e causa lesões na pele”, conta a ginecologista e mastologista Heliégina Palmieris.

Vale lembrar que este não costuma ser um sinal de alerta ao câncer. Mas vale atenção: apesar de geralmente ocorrer devido a factores hormonais, como a chegada do fluxo menstrual, há situações em não é normal sentir dor nos seios. Por isso, é necessário apoio de um especialista para diagnosticar cada quadro.

Dor na mama pode ser câncer inflamatório

Este tipo de câncer de mama não apresenta nódulos, apenas alterações na pele como inchaço, coceira, aspereza e até mesmo dor. Agressivo, é causado por células cancerígenas que interrompem o fluxo dos vasos linfáticos, responsáveis por drenar e devolver o excesso de substâncias que saem do sangue.

Justamente por ser transportado por esta corrente, pode se espalhar mais rápido. Por este motivo, é indicado estar em dia com os exames que podem diagnosticar o tumor nos seios, como a mamografia e o ultra-som, já que o câncer de mama tem 98% de chance de cura se descoberto nos estágios iniciais.


Sintomas
Apesar de a dor nos seios dificilmente estar relacionada ao aparecimento de tumores, é preciso estar atento a outros sinais relacionados ao câncer de mama. Procure seu médico caso apresente um ou mais dos sintomas abaixo:

  • Caroço na mama, geralmente indolor
  • Anomalias no tamanho e forma dos seios
  • Pele machucada, inchada, avermelhada, retraída ou ressecada
  • Disfunções nos mamilos e aréola
  • Presença de secreções, principalmente sangue
  • Nódulos inchados no pescoço ou nas axilas

Veja também como se prevenir da Febre amarela depois de apanhar a vacina.

Com tecnologia do Blogger.