Publicidade

Saiba como a ansiedade pode atrapalhar a vida sexual masculina?

Os novos tempos chegaram. As mulheres pouco a pouco vêm conquistando espaço na sociedade, as pessoas vão aceitando novas formas de relacionamento, o casamento já não é tão indispensável quanto antes. Ou seja, tudo está mudando e se tornando mais livre. Porém, há uma coisa que não muda: a preocupação do homem com o desempenho na relação sexual. Jovens ou velhos, os homens continuam se preocupando com isso e competindo com eles mesmos, sempre. E o pior, chegam a pensar que caso tenham algum problema de erecção, a sua masculinidade corre perigo. Diante de tudo isso, saiba como a ansiedade pode atrapalhar a vida sexual masculina?


Tudo isso leva a quê? A um grave quadro de ansiedade. Para somar, ainda há o estresse, a alimentação errada, a vida sedentária, tabagismo, alcoolismo, entre outros factores da vida cotidiana que, quando combinados com a ansiedade, tornam-se grandes inimigos de uma boa performance sexual. Há também as doenças como diabetes, cardiopatias e pressão alta que contribuem para dificultar uma vida sexual saudável.

COMO A ANSIEDADE AFETA O SEU CORPO?
O corpo do pénis possui três canais de tecido eréctil, dos quais dois são os corpos cavernosos. Quando o homem é eroticamente estimulado, esses estímulos chegam ao cérebro que activa os nervos e os vasos sanguíneos do pénis. As artérias são dilatadas e uma maior quantidade de sangue chega a elas graças à liberação de uma substância chamada óxido nítrico. Com esse aumento do volume sanguíneo o pénis consegue ficar erecto.

Até aí tudo bem, mas quando a pessoa está ansiosa ou extremamente estressada, há uma grande produção de adrenalina que não deixa o óxido nítrico agir. As artérias não dilatam direito e o risco de falhar é maior.

Como falamos, os homens se preocupam muito com o seu desempenho sexual e se falham, acabam ficando mais ansiosos na próxima relação e produzindo ainda mais adrenalina que, consequentemente, atrapalha a relação sexual. Vira um ciclo e, quando o homem não consegue voltar a ter calma, pode precisar de ajuda médica e psicológica.

CONSIDERAÇÕES IMPORTANTES
É comum o homem esporadicamente não conseguir manter uma erecção e quanto menos ele se cobrar por isso, melhor. Caso comece a se cobrar demais e ficar ansioso, o risco de isso voltar a se repetir por diversas vezes aumenta. O problema é que o homem, na maioria das vezes, se cobra e acaba se prejudicando com isso. Tanto que uma das causas mais comuns de disfunção eréctil é a psicológica.

Embora tenhamos abordado a ansiedade, é importante salientar que há várias outras causas de problemas na vida sexual como a depressão, que diminui o desejo sexual e causas orgânicas como distúrbios que associam obesidade, alteração das gorduras no sangue, pressão alta e diabetes. Caso esse não seja um problema esporádico, é necessária uma avaliação médica.

Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.