Publicidade

Gravidez - Como tratar anemia na fase de gravidez



A anemia na gravidez deve ser tratada com a ingestão de alimentos ricos em ferro e ácido fólico, como carnes, bife de fígado e vegetais verde escuros, além de medicamentos com suplementação de ferro.

A anemia na gravidez é uma condição normal, especialmente entre o segundo e o terceiro trimestre de gestação, pois há uma redução da quantidade de hemoglobina no sangue e um aumento das necessidades de ferro. Essa doença é diagnosticada através de exame de sangue, e quando grave pode trazer riscos para a mãe e para o bebé, como fraqueza, atraso no crescimento e parto prematuro.

O que comer
Para tratar a anemia na gravidez recomenda-se a ingestão de alimentos ricos em ferro como carnes, bife de fígado, feijão, espinafre e couve. Para potencializar a absorção do ferro presente nos alimentos, deve-se tomar o suco ou comer uma fruta cítrica junto à refeição, como laranja, limão, abacaxi ou tangerina.

Além da alimentação, o médico obstetra também pode prescrever a suplementação diária de ferro, sendo o sulfato ferroso líquido ou em comprimido o suplemento mais utilizado. Esses suplementos de ferro podem causar efeitos colaterais como diarreia, constipação, náuseas e azia, e nas mulheres em que esses sintomas são muito fortes pode-se optar por injecções diárias de ferro. No entanto, essas injecções são dolorosas e podem causar manchas na pele.

Diagnóstico da anemia na gravidez
O diagnóstico da anemia na gravidez é feito através dos exames de sangue obrigatórios durante o pré-natal, que avaliam a quantidade de hemoglobina e de ferritina presentes no sangue. Valores menores que 11 g/dl da hemoglobina são indicadores de anemia e o tratamento deve ser iniciado.

Sinais e sintomas da anemia na gravidez
Os sintomas da anemia na gravidez podem ser confundidos com os sintomas da própria gravidez, pois geralmente são:

    Cansaço;
    Tontura;
    Dor de cabeça;
    Dor nas pernas;
    Falta de apetite;
    Pele pálida;
    Olhos descorados.

Outros sintomas como queda de cabelo também podem aparecer, mas são mais comuns nos casos de anemia grave.

Riscos da anemia na gravidez
O desenvolvimento da anemia na gravidez traz riscos principalmente para a mulher, mas quando a anemia é muito grave também pode afectar o desenvolvimento do bebé. Os principais riscos são:

    Para a mulher: cansaço, sono intenso, fraqueza e infecções pós-parto.
   Para o bebé: baixo peso, dificuldade de crescimento, partos prematuros e aborto.

Essas complicações podem ser evitadas com o seguimento adequado do tratamento da anemia.

Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.