Publicidade

6 alimentos que deves comer obrigatoriamente se tens síndrome do intestino irritável

A síndrome do intestino irritável (SII) é uma doença crônica de desordem digestiva que afeta, principalmente, o intestino grosso. O problema atinge mais de 10% da população mundial e, embora possa incidir em qualquer pessoa, é mais comum entre mulheres jovens e de meia-idade. A doença é caracterizada por uma série de sintomas comuns, incluindo alterações nos movimentos intestinais e dor abdominal com sensação de barriga inchada, cólicas e gases, além de períodos de diarreias intercalados com prisão de ventre.


COMO TRATAR A SII COM ALIMENTAÇÃO

Para quem é diagnosticado com a síndrome do intestino irritável (SII), o tratamento inclui uma reeducação alimentar que pode ajudar a amenizar os sintomas da doença. A seguir, conheça quais alimentos podem tranquilizar as crises da doença:

1. Maçã
A maçã e a pera são consideradas frutas de baixo teor de açúcar e com alto índice de fibras, como a pectina. Ela melhora as funções do fígado ajudando a decompor toxinas e ajuda a promover os movimentos intestinais. Tudo isso porque a pectina tem a capacidade de formar uma espécie de gel dentro do estômago, o que melhora o trânsito intestinal.




2. Abobrinha
Basicamente composta de água e fibras, a abobrinha é um legume que ajuda a acalmar o intestino e evitar as crises do intestino irritável. Ela é reconhecida por auxiliar na digestão, prevenindo a constipação e mantendo os níveis de açúcar no sangue mais controlados e sem picos.

3. Ameixa
A fruta é considerada não cítrica e pode ajudar a estimular o trânsito intestinal sem causar nenhum desconforto gástrico. A ameixa com casca e in natura também não contém doses muito altas de frutose, o açúcar que também pode ser um vilão para as crises de cólica e diarreia.

4. Chá de camomila
Além de ser bastante calmante, o chá de camomila é indicado para aliviar gases intestinais, gastrite, enjoo, cólica e também para ajudar na desintoxicação do fígado. Como todo líquido, é essencial para o metabolismo digestivo e trânsito intestinal.




5. Iogurte
Por ser resultado de fermentação com lactobacilos, os iogurtes, queijos e outros derivados lácteos são considerados produtos probióticos. Ou seja, favoráveis à biota do bem. Os lactobacilos, por exemplo, ajudam a regular movimento peristáltico e síntese de vitaminas nos intestinos grosso e delgado, além de auxiliar no equilíbrio entre as bactérias que habitam nosso corpo.

6. Carnes brancas
Fontes de proteína e gorduras boas, os peixes ainda contêm ácidos graxos como o ômega 3 que ajudam a fortalecer todos os tecidos, como o do trato digestivo. Além disso, as carnes brancas são oferecem vitamina D e magnésio, que são ajudam a aliviar perturbações intestinais e a melhorar a absorção. O frango ainda possui vitaminas do complexo B que também são úteis para regular a digestão e absorção de outros nutrientes durante o trânsito intestinal.



Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.