Publicidade

Conheça 7 grupos de pessoas que não devem receber a vacina contra febre-amarela

A febre-amarela é uma doença infecciosa que frequentemente volta à tona por novos ciclos em cidades brasileiras. Quando eles surgem, há a recomendação para que a população se vacine.


Apesar de a imunização ser eficaz, há algumas contraindicações para a vacina da febre-amarela. Veja:

Para quem é indicada?
A vacina é o meio mais eficaz de evitar a febre-amarela, condição perigosa que é transmitida pela picada de mosquitos infectados.

Ela é indicada para pessoas de nove meses a 59 anos que moram ou viajam para áreas com risco de transmissão, sejam elas no Brasil ou exterior.

Contraindicação da vacina de febre-amarela
Segundo a infectologista Lucy Cavalcanti Vasconcelos, membro da diretoria da Sociedade Paulista de Infectologia (SPI), a vacina é feita do vírus vivo e cultivado em clara de ovo. No entanto, ele é atenuado e, por isso, não tem a capacidade de produzir a doença.




Em pessoas saudáveis e com o sistema imunológico estabelecido, não há riscos. Porém, há grupos de risco nos quais o vírus atenuado pode gerar efeitos colaterais ou não ser eficaz:

Gestantes e lactantes
Quem amamenta crianças de até seis meses ou está grávida deve evitar a vacina de febre-amarela, visto que há uma pequena possibilidade de o vírus afetar o sistema nervoso do feto ou do bebê.

Bebês de até seis meses
A vacina contra febre-amarela é contraindicada para bebês menores de seis meses pois, nessa fase, o sistema imunológico não está totalmente formado, podendo ser prejudicado pelo vírus atenuado.

Dos seis aos nove meses, a dose é permitida somente após avaliação médica.

Idosos
Assim como os bebês, pessoas acima dos 60 anos costumam ter imunidade enfraquecida, sendo indicado pensar duas vezes antes de se vacinar contra a condição.


Portadores de doenças que reduzem a imunidade
A droga não é indicada para pessoas que enfrentam doenças relacionadas à baixa imunidade, já que a falta de barreiras pode fazer com que o vírus da vacina se transforme em agressor.




Nestes perfis, estão pacientes com AIDS, câncer, anemia, lúpus e diabetes descontrolada.

Quem toma remédios imunossupressores
Pacientes que tomam medicamentos que enfraquecem o sistema imune também podem ser expostos a riscos pela vacina.

Entre as drogas, estão as usadas em transplantados, portadores de doenças autoimunes e câncer.

Alérgicos a ovo
Outra contraindicação da vacina de febre-amarela atinge quem tem alergia a ovo, já que o vírus é cultivado na clara.

Tenho contraindicação: o que fazer?
Caso os perfis contraindicados residam ou viajem para lugares com risco do acometimento, é indicado se submeter a uma avaliação médica que pondere riscos e benefícios de tomar o medicamento preventivo.

Se o lado bom prevalecer sobre o ruim, será emitido um laudo que permite a imunização.


No caso dos alérgicos a ovo, é necessário tomar a vacina em um local com equipamentos adequados, que suportem a ocorrência de choque anafilático, reação que ocorre em alguns casos de exposição ao reagente.



Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.