Publicidade

Evacuar mais do que o normal pode ser sinal de doença: Conheça 6 possíveis causas

A frequência com a qual cada pessoa faz cocô pode variar bastante, mas, segundo médicos, é considerado saudável a faixa de frequência evacuatória de 3 vezes por dia até 1 vez a cada 3 dias. Se você sente que ultrapassa a média ou mesmo percebeu alteração nos hábitos nos últimos dias, vale ficar atento e fazer exames para saber como anda sua saúde.


É normal fazer cocô muitas vezes por dia? O que pode ser?
Quem faz cocô muitas vezes no mesmo dia e as fezes se apresentam com pouca consistência pode estar sofrendo de diarreia, problema que indica que os alimentos ingeridos estão se movimentando de forma inadequada e acelerada pelo corpo, não passando o tempo necessário no intestino. Normalmente, a diarreia é causada por gastroenterite viral ou o vírus intestinal. A condição pode ir desde uma simples virose a doenças mais graves, como úlcera gastrointestinal e alguns tipos de câncer.

Se você começou a evacuar mais vezes depois de iniciar uma rotina de exercícios, saiba que o fenômeno é natural e pode até mesmo fazer bem à saúde. Atividades físicas aumentam as contrações musculares do cólon, facilitando a expulsão das fezes. Um treino constante, portanto, pode ajudar quem sofre de constipação.

Outra causa positiva do aumento de idas ao banheiro é a adoção de uma alimentação mais equilibrada. Quem investe em alimentos saudáveis normalmente estará consumindo mais vegetais, grãos e fibras que contribuem para o bom funcionamento do intestino e, consequentemente, fazendo com que você evacue mais.

Evacuar em excesso também pode indicar que a pessoa sofre de Síndrome do Intestino Irritável, condição mais comum entre mulheres jovens, caracterizada por uma desordem intestinal que provoca, além de dores estomacais e abdominais, aumento de gases e cólicas, a alteração na frequência com a qual você faz cocô.

Mulheres em período menstrual podem perceber mudanças e irem mais vezes ao banheiro por causa das alterações hormonais que ocorrem normalmente durante o processo. O oposto também pode acontecer e é considerado natural por médicos.

Como o intestino é considerado pela comunidade médica o segundo cérebro, suas emoções também podem influenciar no processo de idas ao banheiro. Se você sofre de um quadro intenso de estresse, por exemplo, pode evacuar mais vezes do que está acostumado.



Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.