Publicidade

Conheça 8 fatores que modificam o tamanho dos seus seios. Alguns deles você pode controlar

O crescimento dos seios da mulher está relacionado aos hormônios estrogênio e progesterona, que começam a ser produzidos neste período de puberdade e adolescência. Entre 3 e 4 anos depois da primeira menstruação, ou seja, aproximadamente até os 15 e 17 anos de idade, eles adotam a forma que terão para sempre.

Mas como cada corpo é diferente e a genética precisa ser levada em conta, é possível que o crescimento das mamas ocorra até os 19 anos. Além disso, existem fatores que modificam o tamanho dos seios, sendo que alguns deles podem até ser controlados:

O que muda o tamanho dos seios da mulher


1. Perda ou ganho de peso podem alterar o tamanho dos seios, já que o tecido da região é feito quase inteiramente de gordura. Portanto, as variações no número da balança também podem mudar o número do seu sutiã.

2. Exercícios físicos intensos podem provocar leve diminuição no volume das mamas por causa da perda de gordura na região e pelo fortalecimento dos músculos que tonificam a região.

3. Se você já notou aumento de volume nos seios durante o sexo, não se preocupe. O processo é natural e está relacionado a uma maior frequência cardíaca e pressão arterial nos momentos de excitação. Após os estímulos sexuais, as mamas retornam ao tamanho normal.

4. O uso de pílulas anticoncepcionais também pode aumentar o tamanho dos seios quando causam retenção de líquidos ou ganho de peso temporário relacionado ao medicamento.

5. Alguns dias antes e durante a ovulação, os níveis de estrógeno e progesterona mudam e produzem um maior fluxo de sangue para os seios, podendo assim aumentar o volume das mamas.

6. As mudanças hormonais típicas do período menstrual também podem modificar suavemente o tamanho dos seios. Eles tendem a ficar um pouco mais rígidos ou tensos e, às vezes, até mais sensíveis.

7. Durante a menopausa algumas mulheres apresentam um aumento da gordura, mas perdem tecido glandular devido à diminuição dos níveis de estrogênio. O fenômeno, portanto, pode causar uma redução no tamanho dos seios.


8. O tabagismo diminui a quantidade de oxigênio nas células, modificando o tecido de todo o corpo. Entre essas alterações está a do tecido mamário, que tende a ficar mais flácido e, consequentemente, deixar diferente a aparência dos seios.



Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.