Publicidade

Segundo estudos, AVC infantil não é tão raro quanto se pensa e pode ser desencadeado por 7 doenças

O AVC (Acidente Vascular Cerebral) é uma das maiores causas de mortes no Brasil (cerca de 6 milhões de óbitos anuais) e a principal condição que deixa as pessoas incapacitadas em todo o mundo.

O que pouca gente sabe é que o problema, definido como o surgimento de um déficit neurológico súbito causado por complicações nos vasos sanguíneos do sistema nervoso central, também afeta crianças. O quadro não é tão raro quanto se imagina, de acordo com a Associação Brasileira de Psiquiatria, é uma das 10 principais causas de morte infantil.


Conheça as doenças que podem causar AVC em crianças

Mudança no comportamento e na coordenação motora, perda da fala, pálpebra caída, movimentação acelerada dos olhos, um braço ou uma perna que não se mexe como do outro lado podem ser alguns dos sinais de AVC infantil, que pode ser provocado por doenças como:
  • Anemia falciforme: grupo de distúrbios que faz com que os glóbulos vermelhos fiquem deformados e quebrem
  • Cardiopatias congênitas
  • Catapora
  • Meningoencefalite: inflamação do cérebro, normalmente causada por infecção
  • Malformações dos vasos cerebrais
  • Aneurismas
  • Vasculopatias
De acordo com a Associação Brasileira de Psiquiatria, os riscos são maiores entre crianças menores de 3 anos, pois os problemas cardíacos ou infecciosos são mais difíceis de serem identificados. Além disso, a imunidade entre os pequenos ainda não se desenvolveu totalmente.



Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.