Publicidade

7 tipos de dor que toda mulher sente na gravidez e que são normais


Apesar de ser um período muito especial e repleto de emoções positivas, a gravidez pode vir acompanhada por diversos desconfortos que vão além dos enjoos. Saiba quais são os tipos de dores mais comuns que toda mulher sente durante a gestação e podem ser consideradas normais:

Dores comuns durante a gravidez

Dor nas costas: mais comuns a partir do quinto mês de gravidez, as dores nas costas costumam ser mais intensas na parte inferior das costas (região lombar) e podem se estender para as pernas por causa da contratura da musculatura ao longo da coluna.

Os desconfortos, que tendem a piorar se a mulher fica muito tempo sentada ou em pé, podem ser minimizados com controle do peso, uso de travesseiro entre as pernas na hora de dormir e uso de calçados confortáveis e adequados para o período.


Dores nas pernas: além de serem consequências de desconfortos na coluna, as dores nas pernas podem ocorrer por causa do peso da barriga, que sobrecarrega o sistema cardiovascular da gestante. Evitar o sedentarismo e praticar atividades físicas com orientação médica são medidas que ajudam a minimizar o problema.

Dor na panturrilha e tornozelos: a região inferior das pernas pode apresentar desconfortos a partir do segundo trimestre de gestação, quando o aumento de peso provoca tensão nas pernas, que também acumula grande quantidade de líquido.


Dores nas articulações: dormência e desconfortos nas extremidades do corpo também são comuns e aparecem, normalmente, por causa do acúmulo de líquido que pode comprimir determinados nervos.

Câimbras na gravidez: uso maior de cálcio do bebê através da mãe, aumento no tamanho da barriga e alterações na postura são os principais fatores que provocam câimbras na gestante a partir do terceiro trimestre, especialmente nas regiões das pernas e das costas. Manter uma alimentação rica em cálcio, praticar exercícios físicos e alongamentos ajudam a combater os desconfortos.

Dores nas mamas: desconfortos leves nos seios podem ocorrer durante a gravidez por causa do crescimento natural das mamadas e do estímulo hormonal comum ao período. Para evitar as dores, use sutiãs confortáveis e que promovam boa sustentação.


Cólicas na gravidez: acúmulo de gases intestinais e aumento natural do útero podem causar as cólicas durante a gestação. Apesar de comuns, os desconfortos merecem atenção, já que também podem estar relacionadas à ameaça de aborto ou parto prematuro. O acompanhamento médico é de extrema importância e, caso ocorra sangramento, febre, dores ao urinar e outros problemas, procure socorro imediato.



Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.