Posição em que o bebê dorme pode diminuir risco de morte súbita em até 70%


Numa publicação feita na Rede Social Instagram, especialistas da clínica Saúde na Infância explicaram que a morte súbita do lactente é definida como o óbito inesperado da criança com menos de 1 anos de idade durante o sono e tem seu pico de incidência dos 2 aos 5 meses de vida.

Colocar o bebê para dormir de forma correta é, portanto, fundamental para evitar o problema. E você sabia que existe uma única maneira considerada recomendável para a posição da criança no berço?

Posição correta para o bebê dormir

Para garantir a segurança e reduzir o risco de morte súbita, o bebê deve dormir em decúbito dorsal, ou seja, de “barriga para cima”.

Nesta posição, que diminui as chances de sufocamento, o pequeno, caso vomite, tende a tossir e, assim, chamar a atenção dos pais, de acordo com a Sociedade Brasileira de Pediatria.


Se o bebê possuir alguma contraindicação médica para dormir nessa posição, deve-se adotar o decúbito lateral (de lado), com a cabeça descoberta e em superfícies mais firmes.

Outras medidas de segurança que devem ser adotadas para o sono do bebê são:
  • Não usar lençóis ou mantas que fiquem soltos do colchão e que podem cobrir os bracinhos do bebê
  • Não colocar protetores acolchoados nas laterais do berço, que podem causar sufocamento
  • Evite deixar brinquedos, almofadas, travesseiros ou outros objetos de decoração no berço
  • Evitar o uso de cobertores. Se estiver muito frio, é preciso prendê-lo nas laterais do colchão ou deixar os braços do bebê para fora da coberta
  • Independentemente do modelo, o berço deve seguir os padrões do Inmetro
  • Prefira colchões e travesseiros mais firmes, evitando os muito fofos ou moles
  • Não agasalhe demais o bebê: muita roupa dificulta os movimentos e pode gerar um superaquecimento prejudicial ao pequeno
  • Deixe o colchão do berço um pouco inclinado, mas sem exagerar



Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.