MUSCULAÇÃO - O melhor tipo de exercício para reduzir impactos da alimentação ruim

Entrar em uma dieta pede que adotemos um novo olhar para a nossa alimentação. Mas para isso, não tem como deixar de analisar nossos hábitos alimentares anteriores e os impactos que eles causaram no nosso corpo.

Se você vem de uma jornada de cardápios disfuncionais, saiba que a musculação é um tipo de exercício capaz de reverter a influência de um passado não saudável e dar um bom pontapé para o processo de emagrecimento.


Musculação reduz impacto de má alimentação

Quando se trata de emagrecimento, a maioria das pessoas acha os exercícios aeróbicos, como caminhada, corrida, bicicleta e etc., são os mais indicados e eficazes. Embora esse tipo de atividade provoque um gasto calórico elevado no momento em que é realizado, o que nem todos sabem é que a musculação – ou exercício anaeróbico – também é um fator importante para a perda de peso e, mais importante, é fundamental para a manutenção da boa forma após o emagrecimento.

Musculação e gasto calórico

A musculação trabalha com a queima de gorduras e, por sua vez, ajuda não só a potencializar o exercício aeróbico, mas também a aumentar o gasto calórico durante as atividades do dia-a-dia e, principalmente, a manter a boa forma.

Lembrando que musculação não significa necessariamente levantar peso: qualquer atividade que envolva estímulo neuromuscular, como ginástica localizada, se enquadra na categoria.


De acordo com o profissional de Educação Física Marcelo Ferreira Miranda, membro do Conselho Federal de Educação Física, o primeiro benefício do exercício anaeróbico é que, à medida em que o indivíduo ganha massa muscular (ou massa magra), sua taxa metabólica de repouso aumenta. Isso significa que, se antes ele gastava 2.000 kcal por dia nas atividades corriqueiras, como andar, dormir, tomar banho, etc., com o aumento de músculo, ele passa a gastar mais.

Como musculação emagrece?

Ele explica que as células musculares têm uma quantidade de mitocôndrias muito maior, que exigem um grande suprimento de energia. Segundo ele, a taxa metabólica aumenta proporcionalmente ao ganho de massa magra então, se eu ganhar 5% do meu peso corporal em massa muscular, vou aumentar meu metabolismo em 5%. Em uma pessoa que normalmente gasta 2.000kcal em repouso, isso significa 100 kcal que vão ser gastas a mais, 24 horas por dia.

Perder peso com musculação

Outro impacto da musculação no emagrecimento é que, após o término do exercício, o corpo continua gastando energia por um período relativamente longo, podendo se estender até o dia seguinte. Isso acontece porque, durante esse tipo de exercício, o músculo passa por um processo de catabolismo, ou seja, é degenerado. No momento seguinte, ele precisa se recompor.


Para que isso aconteça, o organismo entra em estado de anabolismo, o que vai regenerar o músculo e torná-lo ainda mais forte e resistente. Conforme Marcelo, esse processo de recuperação do exercício muscular exige muito mais caloria do que o aeróbico e por isso é indicado que entre os treinos haja um período de descanso de pelo menos um dia.

Fonte: Portal Vix.



Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.